Metodologia do Trabalho Científico – UFAM

Blog da disciplina do Departamento de Métodos e Técnicas da Faculdade de Educação

  • Agenda

    outubro 2014
    S T Q Q S S D
    « mar    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  

AULA DO DIA 27/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 28/03/2009

Np primeiro tempo os grupos concluíram a leitura do texto “A Metodologia e a Universidade”, de Aidil Barros e Neide Aparecida de Souza Lehfeld, respondendo as questões de estudo dirigido. Em seguida, cada questão foi respondido no grupão pelos grupos, com comentários do professor. 

QUESTÕES:

Estas questões dizem respeito à identificação da obra

1.    Quem são os autores do texto?

2.    Qual o título do livro do qual este texto foi extraído?

3.    Qual o ano de publicação?

4.    Qual a editora que publicou o livro?

5.    Pesquise na Internet outros livros dos autores.

Com a ajuda do dicionário, disserte com suas próprias palavras acerca dos questionamentos propostos.

6.    Faça uma relação entre a definição etimológica do termo METODOLOGIA e a conceituação apresentada pelo autor.

7.    Descreva a importância da Metodologia Científica correlacionando com a afirmação de que “pode-se estudar e não aprender (esforço ineficiente). Pode-se aprender sem estudar (esforço desnecessário)”.

8.    Conceitue o ato de estudar, destacando como a Metodologia pode auxiliar o universitário nesse processo.

9.    Descreva os instrumentos que, segundo Severino, auxiliam o estudante universitário a crescer descobrindo e inventando.

10.  Justifique a afirmativa de que a “Metodologia Científica não é um amontoado de técnicas”, destacando seus objetivos.

11.  Explique porque, para o autor, a universidade está em crise?

12.  Descreva as funções da Metodologia Científica em relação à Universidade.

13.  Descreva a classificação da Metodologia segundo o autor.

TRABALHO INDIVIDUAL PARA O DIA 30/03/2009 

A partir das respostas das questões de 6 a 13, reescreva o texto com suas palavras.

 

 

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

AULA DO DIA 23/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 28/03/2009

Os alunos dividiram-se em grupos e começaram a leitura do texto nº 1. Em seguida foram liberados para participarem da assembléia do Centro Acadêmico de Psicologia.

Posted in Resumo | Leave a Comment »

AULA DO DIA 20/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 28/03/2009

Os grupos apresentaram os trabalhos. Foram pequenas dramatizações de situações em que estivessem presentes esteriótipos. Devo afirmar que os alunos arrasaram.

Grupo 1: Alessandro, Ana Paula, Cristina, Fabio Soares, Hemetério, Hermano, Mauro e Otávio. 

Grupo 2: Adriana, Aline, Luciane, Lidia, Natalia, Jessica Pedrosa e Cássio

Grupo 3: Paula Freitas, Karoline, Anderson, Taiane, Cristhianne, Mayara, Fernando Amaral, Jessica Pompeu, Priscila Correa, Djuliane e Rafaela Leão.

Grupo 4: Luis Otávio, Rebeca Fregappani, Norcírio, Cristiana, Guilherme e Alyson.

Grupo 5: Andreia Lira, Fabiane, Gercina, Gilcélia, Jadson, Luciano, Maik, Priscila Maxionílio e Rodrigo.

Grupo 6: Ana Christina, Eliza, Glycia, Sthefany e Verônica.

Grupo 7: Eric, Joana, Marcio e Pamela.

 

ATENÇÃO: Os alunos que não participaram do trabalho deverão enviar um e-mail para o professor (paulorfreire@terra.com.br) discriminando como assunto: REPOSIÇÃO DE NOTA para receber instruções. 


Posted in Informações, Resumo | Leave a Comment »

AULA DO DIA 16/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 16/03/2009

Em virtude da aula da saudade dos formandos de Pedagogia 2009, o professor não ministrou aula. Os alunos tiveram o tempo para ensaiarem nos grupos as apresentações dos trabalhos, na sexta-feira, dia 20.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

AULA DO DIA 13/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 15/03/2009

Retomamos o conceito de paradigma, discutido na aula anterior. Trabalhou-se o conceito de Ideologia. 

Resumo dos conceitos apresentados:

  • Segundo Marx, a consciência humana é sempre social e histórica, determinadas pelas condições concretas de nossa existência.
  • Nossas idéias não representam a realidade tal como esta é em si mesma, uma vez que elas nascem a partir de nossa experiência social direta
ALIENAÇÃO

Representação da realidade a partir de imagens e idéias, tomando as coisas e os fatos dessa realidade como naturais.

NATURALIZAÇÃO
É a maneira pela qual as idéias produzem alienação social, em que a sociedade surge como uma força natural estranha e poderosa, que faz com que tudo seja necessariamente como é. Ex.: Senhores por natureza, escravos por natureza, etc.

CARACTERÍSTICAS DA IDEOLOGIA

-  A ideologia pertence sempre a um grande grupo de pessoas, nunca a um sujeito separadamente.

  • Todos nós participamos de certos grupos de idéias. Esses grupos já estão criados e, quando neles entramos, compartilhamos de suas idéias.
  • Quando pretendemos alguma coisa, quando defendemos uma idéia, um interesse, um desejo, normalmente não temos consciência de que isso ocorre dentro de um esquema maior.

A ideologia vive fundamentalmente de símbolos, ela trabalha com símbolos e é formada por estereótipos.

  • A ideologia não fala diretamente, mas representa os fatos e interesses de forma simbólica. O símbolo é um mecanismo que atua no inconsciente das pessoas, por isso, nem sempre são fáceis de serem interpretados.
  • Estereótipos são idéias, imagens, concepções a respeito de pessoas, objetos, fatos etc., que as pessoas criam, aprendem ou simplesmente repetem, sem avaliar se são ou não verdadeiros.  

Por fim, os alunos dividiram-se em grupos para a preparação para o trabalho a ser apresentado na próxima aula.

TRABALHO:

Os grupos deverão apresentar uma dramatização de no máximo 5 minutos na qual apresentem uma situação em que se perceba símbolos ideológicos, tais como os estereótipos.

Posted in Resumo | Leave a Comment »

AULA DO DIA 09/03/2009 – RESUMO

Posted by Professor Paulo R Freire em 10/03/2009

Ontem iniciamos, de fato, a disciplina. Iniciou-se falando sobre o conceito de paradigma e sua relação com a Metodologia do Trabalho Científico. De um modo geral, o termo vem do grego e significa: exemplar, modelo, exemplo, padrão.

Com relação à ciência, pode ser definido como modelo teórico, isto é modo de explicação, construção teórica, idealizada, hipotética, que serve para a análise ou avaliação de uma realidade concreta.

Foi mostrado aos alunos que quando nascemos já fazemos parte de um paradigma. Foram dados alguns exemplos.

Em seguida, buscou-se situar o conceito de cultura no contexto de paradigma. Procurou-se mostrar que a ciência sempre esteve vinculada a paradigmas.

Por fim, fez-se uma atividade em cada aluno escreveu em seu caderno um parágrafo que completasse a frase: a primeira vez que eu… Logo em seguida alguns leram o que escreveram. O objetivo foi demonstrar que a escrita fica menos complexa e mais prazerosa quando nos identificamos com ela.

Posted in Resumo | Leave a Comment »

CRONOGRAMA

Posted by Professor Paulo R Freire em 17/02/2009

Posted in Informações | Leave a Comment »

PLANO DE CURSO

Posted by Professor Paulo R Freire em 17/02/2009

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO
Código da Disciplina: FET024
Carga Horária: 60 h/a
Créditos: 04
Ementa:
Metodologia da Leitura. Metodologia do Trabalho Científico em Ciências Humanas. Ciência e Ideologia. A função social da Universidade.
Conteúdo Programático:
  

I – Universidade e conhecimento
  • Reflexões acerca do conhecimento e das relações entre ciência e ideologia
  • A   Universidade   frente   ao   desafio   social   de   produzir   e   disseminar conhecimentos.
  • Atitudes do aluno universitário frente ao processo de produção e apropriação do conhecimento
II – Leitura e formação do (a) leitor (a) na Universidade
  • Leitura como instrumento de estudo e de acesso ao conhecimento.
  • Sugestões metodológicas para leitura de textos.

- Análise Textual

- Análise Temática

- Análise Interpretativa

- Problematização

- Síntese

III – Práticas   de   escrita   e   o   desafio   de   escrever/produzir   textos   na universidade.

  • Condições para a produção / autoria de textos.
  • Trabalhos escritos solicitados como exercícios acadêmicos: 
- Esquemas. 
- Prática da documentação (Fichamentos)
- Resumos
- Resenhas
  • Monografias ( Etapas de elaboração e estrutura)
- Normas de apresentação gráfica
- Citações
- Notas de rodapé
- Técnica Bibliográfica

Procedimentos de Ensino
  • A disciplina constará de aulas expositivas com a utilização de recursos audiovisuais.
  • Leitura e discussão de textos referentes ao conteúdo apresentado em aula. 
  • Acompanhamento dos trabalhos acadêmicos desenvolvidos pelos alunos nas outras disciplinas.
Avaliação:
  • Será realizada baseando-se no envolvimento do aluno com a disciplina: freqüência, pontualidade, interesse e também nos trabalhos formais da mesma

Referências:

AZEVEDO, Israel Belo de. O prazer da produção científica. 3ªed. Piracicaba, SP:Unimep,1995.

CARVALHO, M.C. Construindo o Saber: técnica de metodologia científica. 2ªed.Campinas, SP: Papirus,1989.

FACHIN, Odília. Fundamentos de metodologia. São Paulo: Saraiva, 2001.

FEITOSA, V.C. Redação de textos científicos. 2ªed. Campinas, SP: Papirus, 1995.

HÜHNE, L.M. Metodologia científica: cadernos de textos e técnicas. 4ªed. Rio de Janeiro:Agir,1990.

LAKATOS, E.M. & MARCONI, M.A. Fundamentos da metodologia científica. 3ªed. São Paulo: Atlas, 1991.


RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa científica. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

SEVERINIO, A.J. Metodologia do trabalho científico. 21ªed. São Paulo: Cortez, 2000. 

TAFNER, J. Metodologia científica: referências, citações, tabelas. Curitiba, PR: Juruá,
1998.

 

 

Posted in Informações | Leave a Comment »

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.